• Sidha Moitinho

ESTRELA DE PERNAMBUCO

WALMIR CHAGAS

FOTO: divulgação internet

“O artista que busca no lugar do erudito, a elitização da cultura popular, comete um erro absurdo e imperdoável.”

Em entrevista ao Mulher Papo & Café, o ator Walmir Chagas, uma das maiores ESTRELAS DE PERNAMBUCO, criador e interprete do incrivel personagem, “Veio Mangaba,” é um dos maiores maiores nomes da cultura e da arte pernambucana. O ator é um ícone, admirado e amado.

O admirável, multi artista, é puro talento e alegria, sua mente é jovem e revigorada no auge dos seus 60 anos. Para ele o tempo não deixou cicatrizes, mas o tornou melhor e lhe aplaude na sua arte de nos fazer sorrir, cantar e dançar...

Walmir Chagas, é grande, como ator e como pessoa, estar ao lado de uma estrela da sua grandeza, me deu a oportunidade de sentir o sabor das suas rimas, aprender com sua sabedoria, gargalhar com suas doces palhaçadas, emocionar com suas histórias, dançar com suas canções...

Walmir vai de um ponto a outro, entre seus dons e talentos, maestrinamente: o palhaço, o músico, o compositor, o diretor, o roteirista, o bailarino, o teatro e a televisão. Ele está preparado para os desafios que arte lhe propor.


Veio Mangaba

FOTO: Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem


Vamos ao nosso Papo e Café com o ator Walmir Chagas

Mulher Papo & Café? Qual a representatividade do personagem Veio Mangaba pra você?

Walmir Chagas: Risos. O considero como um super personagem porque naturalmente os palhaços tem aquela história- Você não sabe o nome do artista que faz o palhaço, uma prova disso, pouca gente sabe, por exemplo, o nome do palhaço Carequinha. O Veio Mangaba é para mim, vamos dizer... como o Carlitos, é para o Charlie Chaplin. Eu tenho o Veio Mangaba como o meu Carlitos. Tenho cuidado para ele não me esmagar.

MULHER Papo & Café? Qual é o contexto do nascimento do Veio Mangaba?

Walmir Chagas: O Veio Mangaba, é o retrato do humor inteligente, critico- reflexivo, sua influência vem do pastoril de Portugal que busca lembrar o nascimento de Jesus, mas com o Veio Mangaba, o pastoril ganhou outro contexto, o profano, que é um tipo de folclore nordestino, especialmente pernambucano. Ele vem acompanhado de suas pastoras.

MULHER Papo & Café? Quais são as principais características deste personagem?

Walmir Chagas: Ele é, malandro... Engraçado... Romântico... Amoroso, igual ao ator que o encarna... o Veio Mangaba é o velho de pastoril, o camelô de rua, o palhaço de circo, o palhaço de aniversário, e por ai vai...

MULHER Papo & Café: Quem foi seu mentor?

Walmir Chagas: Meu grande e memorável mentor, Ariano Suassuna que me levou para o movimento Armorial, que tem em Ariano, um dos lideres principais. Resistindo as dificuldades, sou integrante deste movimento Cultural e Artístico, cuja visão, desde o principio foi de criar uma arte erudita com os elementos da arte popular nordestina, evidenciando a cultura e arte sertaneja.

O professor Ariano Suassuna me dizia em relação ao Veio Mangaba: “Walmir, tenha cuidado porque se não, esse personagem pega você, te encosta no canto, e toma o teu lugar... (Risos) e toma seu corpo. ”

MULHER Papo & Café? Quem é Valmir Chagas, o ator?

Walmir Chagas: Eu sou o artista que canta, dança, representa, que faço um pouco de cada coisa... Estou no circo, no pastoril, no filme sozinho, nas ruas, sou o que chamariam de um artista amplo, que humildemente, considero múltiplo.

MULHER Papo & Café: Como você resumiria sua história até aqui?

Walmir Chagas: Entras tantas realizações, vou destacar minha participação do clip da musica “A cidade” do inesquecível Chico Science, o principal colaborador do movimento Manguebeat nos meados do anos 90. Com Gilberto Gil, abri vários shows do cantor. Foi amigo de Reginaldo Rossi de quem regravei a musica “Ai amor,” interpretando o personagem Veio Mangaba. Foi um tributo ao saudoso Reginaldo Rossi. No YouTube, tenho o vídeo de um disco titulado “20 Grandes do Sucesso.” Amo fazer teatro, televisão, eu quero estar no palco, divertindo meu povo, nasci pra isso!

MULHER Papo & Café? Qual é o sentido de Deus e do amor para você?

Walmir Chagas: Deus é amor e o amor é Deus. Eu acredito que Deus é o próprio amor, e o amor é energia que pulsa e que fica. Quem acredita no amor, acredita em Deus...

"O importante na vida é você ter amor. Procurar ser amoroso, e mais ainda, ter caráter! Quem tem caráter, tem amor, uma coisa puxa a outra."

FOTO: Portal Cultura Pe

MULHER Papo & Café? Na sua opinião, o amor e o sexo se misturam?

Walmir Chagas: O amor é uma coisa muito maior do que o sexo. O amor também é o carinho, a afeição, o cuidado... As pessoas tem todo direito de ser quem quiserem ser, tem gente assexuada, que não gosta de sexo. O importante na vida é você ter amor. Procurar ser amoroso, e mais ainda, ter caráter! Quem tem caráter, tem amor, uma coisa puxa a outra.

MULHER Papo & Café? Qual é o seu sentimento para o modo como a arte é tratada no Brasil?

Walmir Chagas: A arte é relegada a último plano, falta verbas... A arte deveria ser encarada como facilitador da vida. A arte não existe só para entretenimento. A arte é fazedora de caráter, ela pode levar um humano a ser melhor... A arte deveria ser mais valorizada nesse sentido. A arte nos faz “fortes, sem perder a ternura. ” Em Pernambuco, a falta de valorização da cultura mais autêntica, é gritante!

A arte nos faz “fortes, sem perder a ternura. ”

MULHER Papo & Café: O pastoril está em crise?

Walmir Chagas: Está! Criamos um grupo de velhos de pastoril de Pernambuco, na bravura de não deixar morrer este movimento artístico, tão rico da nossa

cultura popular. Hoje somos apenas 5 integrantes. Não temos apoio! Sofremos a falta de valorização, ausência de espaço.

MULHER Papo & Café: Qual é a importância da ajuda do governo federal para a classe artística nesse tempo de pandemia?

FOTO: Andros Silva

Walmir Chagas: Apesar da insensibilidade do governo em relação às artes e a cultura geral... Reconhecemos a ajuda recebida. Ficamos descobertos sem poder trabalhar e produzir diretamente com o público. Os empreendedores culturais, foram amparados através da lei Aldir Blanc. Vida de artista já é sofrida... Imagina agora!!

MULHER Papo & Café: O que o governo de Pernambuco tem investido na cultura faz justiça ao peso que a arte e a cultura pernambucana representa no cenário brasileiro?

Walmir Chagas: Justiça mesmo não faz, mas eu conheço de perto o caráter e o esforço que o atual secretário da Cultura Gilberto Freire Neto, tem feito. Ele não faz mais porque não pode. A verdade é que muitos pensam que a cultura e a arte nunca foram prioridades nas nossas vidas. Falta organização das entidades representativas das classes culturais

FOTO: Sérgio Bernardo/ JC Imagem

MULHER Papo & Café: Qual é a relevância da arte e da cultura para a sociedade?

Walmir Chagas: A importância da Cultura e da arte é igual ao oxigênio pra a vida dos seres vivos. Um povo sem cultura e sem arte é um povo morto! E olhe... Precisamos ter cuidado em relação a esta realidade que menospreza a arte, principalmente a arte popular, pois a sociedade está doente, mas ainda não morreu! Ainda há tempo de tira-la da UTI.

"Quanto mais forte às bancadas culturais e de cidadania, melhor a vida se tornará."

MULHER Papo & Café: Chegou a hora das eleições municipais. O que diria aos eleitores?

Walmir Chagas: Neste pleito que se aproxima, o ideal é que as pessoas escolham vereadores e prefeitos comprometidos seriamente com a cultura mais real do povo, seja no Recife ou nas cidades do estado! Quanto mais forte às bancadas culturais e de cidadania, melhor a vida se tornará.

MULHER Papo & Café: Qual é o seu maior sonho como artista pernambucano?

Walmir Chagas: Não sei se é o meu maior sonho... Sonho ver as cidades com suas culturas artísticas preservadas, funcionando a contento. Na medida que a cultura e a educação andam de braços dados, vendo o progresso de cada localidade com suas comunidades saudáveis e livres... Vejo nisso esperança e um futuro positivo.

FOTO: Andros Silva

A arte e a cultura valorizam a vida, trás a força da expressão de um povo, revela a alma do artista, e ilumina o tempo como um farol que tem energia simultânea para nos levar ao passado, nos emocionar no presente, revelar segredos, e nos faz esperançar com o futuro. Walmir Chagas é valoroso, e reconhecidamente, representante da arte e da cultura pernambucana, multitalentoso, artista nordestino de raiz. Ele nos dá sorrisos de alegria e nos encanta com sua energia vibrante...


Walmir Chagas é... ESTRELA DE PERNAMBUCO


71 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2020 Mulher Papo e Café