• falamoitinho

EU AMO! TU AMAS! ELES AMAM!

SERÁ???

O amor não é um sentimento! Mudamos as estações dos nossos sentimentos conforme a vida nos toca... Sentimentos são traiçoeiros e nada precisos. Já dormir ardida feito pimenta, acordei, cheirando a jasmim... entardeci barulhenta e anoiteci chorando pitangas... no dia seguinte, tudo esqueci...

Podemos pensar que amamos profundamente em um momento e, no outro odiar como se nunca tivéssemos ouvido falar de amor.

Para não esquecer: AMOR NÃO É SENTIMENTO...

ENTÃO... O QUE É O AMOR?

Biblicamente o AMOR É MANDAMENTO, por isso podemos decidir amar e continuar amando a despeito do que sentimos... perdoar, independente, da ferida que dói. Infelizmente, a gente faz uma mistura que NÃO dá cola: amor com sentimento, melhor dizendo... daquilo que pensamos ser o amor, através do que sentimos.

Os dois maiores mandamentos declarados por Jesus são referentes ao AMOR:

AT- Deuteronômio 6:4-5: "Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças." Jesus reforça o mandamento de amar a Deus, ao seu lado, declara outro,igualmente, poderoso, resumindo a Lei: Mateus 22:37-40: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento." Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: "Amarás o teu próximo como a ti mesmo." Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

O amor não mora no nosso coração, como a gente gosta de pensar, romanticamente. O amor se revela através de decisões OBEDIENTES A DEUS.

AMAR É ATITUDE! Amar é ação voluntaria de dar a Deus o primeiro lugar, a devida adoração, prestar-lhe, fervorosamente honra, glória, louvor e dependência real da Sua majestosa presença. Em medida, também, abundante, devemos amar nosso próximo dedicando-lhe respeito, cuidados, gentilezas, gratidão, justiça...

Você acha que eu pirei né? :( SÓ QUE NÃO! :)

Jesus nos revela do que está cheio o coração da humanidade.

Mateus 15:18-19:

"Entretanto, as coisas que saem da boca vêm do coração e são essas que tornam uma pessoa impura. Porque do coração é que procedem os maus intentos, homicídios, adultérios, imoralidades, roubos, falsos testemunhos, calúnias, blasfêmias."

Compreendo que o amor é um ATO voluntário que passa, primeiro, pela nossa razão e por nossa consciência com o poder da unção divina para limpa nosso coração, purificar nossa alma com as chuvas de bênçãos celestiais, nos transformando pelo sangue de Jesus.

Deus nos ensina como devemos agir em amor: primeiro passo para quem crer: Aceitar e Confessar a JESUS COMO ÚNICO E SUFICIENTE SALVADOR!

Por qual motivo o amor não brota do nosso coração?

O profeta Jeremias (Jr 17:9-10) nos responde:

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações."

Pensamentos que não estão acordados com a Palavra de Deus se transformam em sentimentos dentro do nosso coração. Esses sentimentos nos enganam, nos fascinam e aprisionam... E o que é pior: nos faz acreditar que somos bonzinhos por nós mesmos! Esta realidade chacoalha as nossas emoções. Acredite! Na maioria das vezes não agradamos a Deus com "esse nosso jeitinho próprio de sentir amar."

Pensamentos e sentimentos são oscilantes e nos levam a vacilar constantemente, ora para cima, ora para baixo. Não se engane mais!

O AMOR COMO MANDAMENTO É PERFEITO E NÃO MUDA CONFORME NOS SENTIMOS. O AMOR É DEUS! DEUS É O AMOR IMUTÁVEL.

Quando conscientemente, decidimos a amar a Deus sobre tudo e todos e, ao nosso próximo como a nós mesmos COM AÇÕES REAIS... estamos, verdadeiramente praticando o amor, não apenas com palavras, não simplesmente porque sentimos algo bom mexendo com nossas emoções, fazendo nosso coração bater mais forte...

Devemos amar a Deus primeiro, a nós mesmos e ao nosso próximo. Mas só será AMOR... se forem atitudes e decisões que provem nossa obediência ao nosso Criador e Redentor. :)

Amar é o exercício de guardar Palavra de Deus e praticar a obediência a Sua ordem divina.

O amor Não é um ato obrigatório, imposto, a mim ou a você. Podemos escolher entre o AMOR E O SENTIMENTO DA "PAIXÃO"...

Através de Cristo nos tornamos um canal que flui O AMOR DE DEUS.

Jesus disse:





60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo