• falamoitinho

HOMENAGEAMOS A TODOS OS POETAS



ESSAS SÃO SÓ PRA VOCÊ


poesia de Magali Ribeiro


Tem poeta que sofre pelas poesias pedidas,

as que não puderam escrever,

que se perderam na lida.


Eu digo que na minha vida,

uma lição apreendida

é que tem poesia pra não serem lidas.


Elas chegam alvoroçadas

no meio da madruga,

voando nas asas sagradas

de nossa imaginação.

Batendo a poeira cósmica

que ainda trazem do nada

e se instalam no coração.


Se apossam de nossa mente,

pra descansar da jornada,

e como paga animadas,

por essa breve hospedagem,

nos apresentam aquarelas

compõem paisagens belas,

com borrões do amanhecer.

nos mostram histórias encantadas,

sons de alvoradas,

amores mortos de sofrer,

olhos que já não têm brilho,

mães que perderam os filhos,

corações destinados a sofrer.


Mas trazem também alegrias,

raios de sol, luzes do dia,

mares verdes de se encantar,

carinhos suaves de vento,

retratos do firmamento,

coisas que nos fazem sonhar.


Então, quando vamos pegar papel,

ou mesmo o celular,

pra registrar,

elas correm como o vento,

se escondem no pensamento

e se negam a voltar.


Por isso digo a você: não sofra, não chore,

se encante, não as ignore,

viva o momento sagrado,

esse lampejo iluminado,

mas não as procure reter.


Essas não são para se ver,

pra se ouvir nem sentir,

apreciar ou escrever.


Essas não são para humanidade,

essas poesias, poeta,

são presentes da Divindade,

um consolo, uma saudade.

Elas são só pra você!


115 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo