top of page
  • Foto do escritorsidhamoitinho

POESIA DE CHICO BRITO



A poesia, do meu amigo Chico Brito, postada na sua originalidade, com intenção de engradecer a beleza da alma desse artista. Chico é um poeta pra lá de especial, ele encontrou na poesia sua forma mais bonita de viver a vida, cativar amizades, olhar para vida com esperança e beleza, gentilmente faceiro e puro...

Toda comunicação pode ser entendida de modo claro, mesmo não sendo erudita, pois, sim, basta ser compreendia por seu receptor.

Nas batidas do coração, Chico, desenhou cada letra para formar o inteiro desta poesia, isso é magnético e profundo! Sua inspiração brotou para homenagear seu amigo de infância, Adão, "o vendedor de bananas," ele se faz presente ao narrar poeticamente a linda jornada de vida e de sobrevivência de um amigo querido.

Adão por sua vez, emocionado, retribuiu ao amigo poeta, o mesmo carinho recebido. Mais abaixo, você poderá assistir ao vídeo, aonde o vendedor de bananas, agradece ao poeta, com suas gentis palavras, gesto tão nobre, selando a preciosa amizade entre eles.


Vendedor de Bananas


É com prazer e satisfação

Falar de amigo que é você

Meu caríssimo amigo Adão

Vendedor de Bananas

Do interior do Maranhão.


Por ser de linda família humilde

Sonhador por sua felicidade

Com sorriso estampado no rosto, com sua simplicidade

Conquistou com o seu carisma a sua grande amizade

Sol e mãezinha são suas admiradoras

Desde sua querida infância

Se tornando sempre amigas

De anos de adolescência


Vendendo suas Bananas

Percorrendo caminhos e estradas

Centro Velho aonde você nasceu


Por ser sempre um lutador

Jamais... Deus nunca te esqueceu

Adão do Maranhão


Por ser um merecedor

Do seu próprio destino

Quando vendia nas casas, Bananas e melancias

Seus vizinhos lhe conhecia


Lá vem aquele menino!

Amigo da sol e da mãezinha

Que o seu destino mudou

Foi embora do interior


Com toda simplicidade, conquistou boa amizade

Que Deus te iluminou

Na sua nova cidade

Santa Rita do Sapucaí


Vinte anos depois, ele volta ao centro Velho, o seu querido interior


Descrição do próprio autor:

Autor: Francisco de Assunção

Data 17 de janeiro de 2024

Cidade: Valparaiso ll DF/GO

Poesia de Francisco Brito de Assunção

Autor: Francisco de Assunção

Data 17 de janeiro de 2024

Cidade: Valparaiso ll DF/GO

Se gostou deste poste, comenta, deixe seu amei, compartilha! :)
























32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page