top of page
  • Foto do escritorsidhamoitinho

TRAUMAS DO MAR

10 COMPORTAMENTOS COM MEDO DO MAR

Pessoas que têm medo do mar podem exibir uma variedade de comportamentos quando confrontadas com a perspectiva de entrar na água ou de estar em um ambiente marítimo. Aqui estão 10 comportamentos que podem ser observados em pessoas que têm medo do mar:

1-Evitar a água: A pessoa pode evitar a água o máximo possível, recusando-se a entrar no mar, em piscinas ou até mesmo a tomar banho.
2-Ansiedade intensa: Sentimentos de ansiedade intensa podem surgir quando a pessoa se encontra perto do mar. Isso pode se manifestar através de tremores, suor excessivo e palpitações cardíacas.
3-Pânico: Algumas pessoas podem experimentar ataques de pânico quando confrontadas com a ideia de estar no mar, resultando em respiração rápida, sensação de sufocamento e medo avassalador.
4-Evitar atividades aquáticas: A pessoa pode evitar atividades aquáticas, como nadar, andar de barco ou praticar esportes aquáticos, mesmo que essas atividades sejam seguras.
5- Recusa em visitar locais à beira-mar: Pode-se notar uma relutância em visitar lugares à beira-mar, como praias, portos ou ilhas.
6-Apegar-se a objetos de segurança: Alguém com medo do mar pode segurar objetos de segurança, como boias, coletes salva-vidas ou bóias infláveis, mesmo quando não são necessários.
7-Acompanhamento constante: Podem procurar constantemente a presença de alguém em quem confiam quando estão perto do mar, para obter apoio emocional e sensação de segurança.
8-Ficar em locais elevados: Preferem ficar em locais elevados, como penhascos ou mirantes, onde se sintam mais distantes da água.
9-Evitar filmes ou programas relacionados ao mar: Evitam assistir a filmes, programas de televisão ou documentários relacionados ao mar, pois isso pode desencadear ansiedade.
10-Comportamentos rituais: Alguns podem desenvolver comportamentos rituais, como tocar a água com os pés antes de entrar, como um meio de tentar controlar o medo.

É importante lembrar que o medo do mar, assim como outros medos, pode ser tratado com a ajuda adequada. Terapia cognitivo-comportamental, exposição gradual à água e técnicas de relaxamento podem ser eficazes para ajudar a superar esse medo e permitir que a pessoa desfrute de atividades à beira-mar com mais tranquilidade.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page